Categorias de Base31 de outubro de 2022Histórico: Base Anilada está na final

https://ecnovohamburgo.com.br/wp-content/uploads/2022/10/WhatsApp-Image-2022-10-28-at-21.14.19-1280x848.jpeg

Na última sexta-feira (28), o Esporte Clube Novo Hamburgo enfrentou em Santa Catarina o Avaí em duas categorias (Sub13 e Sub14) pelo Sulbrasileiro BG Prime e em Curitiba confronto diante do Athlético Paranaense (Sub15).
Pelo Sub15, o time treinado por Soster enfrentou fora de casa o Athlético em partida válida pelas quartas-de-final da competição. O goleiro Guilherme, defendeu um pênalti aos 30 minutos da primeira etapa. Atuando em casa, o adversário abriu o marcador logo no inicio da segunda etapa. O Anilado ainda tentou mais acabou superado pelo placar de 3 a 0, e foi eliminado da competição. Categoria que ainda tem pela frente a Liga Serrana e também o deslocamento para Minas Gerais, onde disputa a Copa Brasileirinho. A Base Anilada está no grupo 08 com Cruzeiro/MG, Bonsucesso FC/RJ, Arena 7/MG e Tabosão EC/AM este o primeiro adversário com estreia marcada para 08 de novembro às 10h30 na Toca da Raposa.
Em Santa Catarina, os confrontos diante do Avaí iniciando pela categoria Sub13, decisão para confirmar o adversário do Grêmio na grande final. O time do técnico Igor Madeira abriu o marcador logo nos minutos iniciais, Diogo marcou para o Anilado aos 9 minutos do primeiro tempo. Os catarinenses empataram a partida ainda na primeira etapa, aos 20 minutos com Eliéser. Com mudanças de peças dos dois lados a decisão fico para as penalidades. Anderson abriu a contagem para o Nóia e converteu, Juan foi para a cobrança e desperdiçou o primeiro pênalti dos donos da casa. Diogo, João, Luan e Murilo converteram todas as cobranças Aniladas, vitória por 5 a 3 fora de casa e vaga histórica para a grande final diante do Grêmio.
Mais tarde, dessa vez pelo Sub14 em partida válida pelas quartas-de-final, quem levou a vantagem foi os catarinenses mesmo saindo perdendo. Davi abriu o marcador para o Novo Hamburgo aos 6 minutos do primeiro tempo. O empate veio apenas na segunda etapa também aos 6 minutos com Pablo e aos 15 minutos, Garrincha virou o placar. Igor Madeira buscou movimentar o time com mudanças, mas a classificação ficou com o Avaí.

Base Anilada, o sonho começa aqui!